24/10/2008

-quer copiar a minha maquiagem?

Ando meio de saco cheio de tudo isso. chega uma hora que você olha para a frente, e vê todos ali olhando para sua cara esperando a sua decisão, como quem fosse mudar o mundo apenas pelo simples fato de decidir algo que, na real, vai afetar somente a sua própria e miserável vida. então, de que serve tudo isso? todos esses olhares indagativos.. ninguém tem que provar nada a ninguém, só que essa lição não se aprende na escola, e se aprende certamente faltei nessa aula.
mas tudo é assim, as pessoas criam expectativas todo dia e toda hora umas das outras.

tá vendo aquele sujeito ali descendo a rua, com suas botas plásticas e seu cachorro labrador na coleira? aquela senhora sentada no ponto de ônibus na esquina com seus óculos fundo de garrafa e bobes no cabelo está olhando para ele e pensando que ele é muito precavido por andas com aquelas botas já que o dia amanheceu nublado, mas concluiu logo em seguida que ele pouco se importa com o cachorro pois se chover o coitado vai se molhar todo. em compensação aquela menina sentada no banco da praça do lado oposto da rua com as calças rasgadas e mascando chiclete já concluiu de cara que ele está fora de moda por usar aquelas botas, mas é uma boa pessoa pois leva seu cachorro para passear.

é tudo uma questão de ponto de vista, mas é consumado que ninguém foge ao julgamento de ninguém. a redoma de hipocrisia que envolve tudo isso é o mais engraçado. todos reclamam de ter que provar algo a alguém, seja reforçar uma impressão ou provar o contrário, estamos todos sempre tentando provar algo a alguém que não nós mesmos e sempre reclamamos disto. além de continuar esse circulo vicioso, se torna ainda mais vicioso quando nos contradizemos a partir do momento que damos um parecer bom ou ruim, construtivo ou achismo referente a alguém.
mas a questão mesmo é saber o quanto vale se pintar toda bonita para os outros.. se valer muito, vá em frente. agora se não vale vai ver chegou a hora de rever alguns conceitos, né.

2 comentários:

June disse...

não queremos ser julgados, mas vivemos julgando os outros.
não queremos provar nada pra ninguém, mas sempre queremos que os outros nos provem algo.
como tu mesma disse, a questão é aqir por um motivo que você achou adequado e não por que os outros acham isso.

Mash Potter Króiss Cobain disse...

entao, sabe, sou contra quem julga os que nao conhece, principalmente um mal julgamento, mas as vzes as pessoas que nos sao proximas e queridas,nos olham cm ar de cobrança, pq se preocupam, pq kerem nosso melhor, e por não saber cmo dizer tudo isso elas, nos cobram, só num olhar, esperando nossa decisao!

mas a parte da menina, do cachorro, e da velha fiko otima!!!!!!!