30/01/2009

-sobre falta de personalidade..

-ter personalidade demais pode ser ruim às vezes, mas ter personalidade de menos parece pior ainda..
seguir a moda ou fazer sua própria moda?
ser magra ao grau da anorexia ou comer o que se gosta?
ouvir aquela banda da mtv ou uma que preferiu tocar na garagem?
quando se é adolescente e não tem muita base de quem ser, do que gosta ou como agir, é normal copiar pessoas "cool", mas com o tempo a tendência é encontrar o próprio caminho, e sim, continuar se identificando com diversas pessoas diferentes, mas sem a necessidade de ser igual fulano para encaixar-se em determinado grupo.
sei que gosto dos extremos e sempre abominei o meio termo, mas para algumas coisas 8 ou 80 parece um pouco demais.. quem sabe um meio termo saudável, e não apenas a indecisão, ou ser maria-vai-com-as-outras.
o velho e bom "seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo", porque é impossível ser sempre o mesmo, já que estamos todos em constante mudança, e como é impossível ser o mesmo todos os dias, que essas mudanças sejam pessoais, e não copiadas daquele cara superrrrrr mUderrrrrrno da êmitivi ou daquela mina tOooOoOdAaAa FoooOoofaAaAa da capricho. e quem quer ser mUderrrrno ou FoOoOofAaaA, nada contra! desde que parta de si mesmo o que vai fazer, ouvir, vestir, falar.. porque pior que copiar a aparência, é repetir feito um robô informações neo-cult já mastigadas sem digerir ou selecionar no que se concorda ou discorda.
não aos rótulos, sim a liberdade expressiva!
e um brinde as personalidades, irônicamente por assim dizer, pessoais.

2 comentários:

giovanna (: disse...

bravo ! bravíssimo !

giovanna (: disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.