30/03/2009

-os I's da tal hora certa..

quando saber se é a hora certa de abrir novamente o coração após tanto tempo dedicando o mesmo à uma, e apenas uma, só pessoa?
as questões são Irrefreáveis, tanto quanto as respostas são Inértes, e não creio que hajam respostas para as velhas-novas perguntas sem resposta. se tem algo que não muda são as perguntas sem resposta a cada término de relacionamento e nos meses que o procedem, ah essas perguntas! tão Inconvenientes, mas de qualquer forma Inevitáveis. e são elas que abrem a margem para a dúvida do quando é a hora certa, se é que há hora certa.
pela lógica, à partir do momento que se está solteiro não deveria existir uma hora certa para "voltar ao mercado", mas o próprio término em si deveria simbolizar a tal hora certa; se fosse tão simples quanto [talvez] devesse ser, esse texto nem teria significado, em todo caso, NINGUÉM com um mínimo de sentimento real parte para outra assim.
o que realmente importa é que a hora certa não existe de forma universal, ela apenas existe, e para cada um é num momento diferente. dizem que dor de amor se cura com um novo amor, não acredito nisso, porém novas paixões sempre são bem-vindas ao coração solitário, e se for a hora certa, será! em algum momento, em algum dia, em algum mês ou ano, ela chega, isso sim é Inegável, FELIZMENTE!

10 comentários:

Tchezar disse...

Realmente é difícil de saber a hora certa... Ainda mais quando você sai de um relacionamento traumático... Acho que o principal é ter paciência e saber sentir a energia das outras pessoas e se permitir gostar de outro alguém...

Ingrid disse...

Primeiro muito Obrigada pela visita lá no meu blog!
eu amei esse blog então to te seguindo..:]
bom é mesmo muito dificil saber a hora certa...
e as vezes um pé na bunda, fere muito o coraçao..
mas o bom é fazer o q eu sempre digo
um passo e nao se esta no mesmo lugar
a prova disso é que até um pé na bunda te faz dar um passo a frente...
Nao é tao simples mas cada pessoa tem sua hora...
:]

Eu amo a E.Y. disse...

eu entendo essa questão sob a seguinte ótica: por mais que tentemos dar uma visão racional a essa questão, nosso coração sempre vai estar em desacordo com a nossa opinião.

Eu mesmo me pergunto se haverá outra mulher no mundo que consiga me encantar da mesma forma que a EY....

Beijos
http://eu-amo-a-ey.blogspot.com/

V. disse...

Você falou por mim. Eu tava pensando mto sobre isso, sobre quando eu ia me sentir segura pra me abrir de novo. Acho que nunca vou me sentir, aí eu acabei me abrindo pra quem eu tinha antes. Não sei se é certo, mas foi Inevitável.

Luc. disse...

muito bonitos seus textos!
gostaria de agradecer por nos acompanhar e talz.

você disse em trocar arquivos rs
tô atrás de material antigo do Biggs, você tem? tenho só o I'll Walk You Up e o Roll Call completos.

mantenha contato! beijos, se cuida.
-Luc,
ShareThisBreathe

Cláu disse...

Oi!!!
Primeira vez que venho aqui!
Tb acabei de escrever sobre se apaixonar no meu Blog!!!
Obrigada por ser minha seguidora!

Bjo

calidri disse...

A hora certa ninguém sabe.Acho que deve deixar rolar.Ir devegarinho.
Se apaixonar é maravilhoso.Mas tem que bater com a gente,por que é coisa de pele.Tem que ter sentimento.Deixe rolar ,que acontece.

Paulie disse...

Menina! Sabe que estou passando por isso? E resolvi dar uma chance pro meu coração pobre e vagabundo, sabe? Esses dias tive uma recaída porque encontrei a ex que me chutou... Fiquei mals e tals, mas aí voltei pra vida, minha filha! Bola pra frente!
Beijos

Mash Potter Króiss Cobain disse...

Mto bom a parte dos Is, fazia tempo q nao lia seu blog, andava displicente com o seu e o meu... e deu saudades de ler seus textos!
e realmente a gente insiste em se perguntar qdo é a hora, ou pq, ou o que... a gente se pergunta tudo, sabendo q nao sabemos a resposta...
só acho que a hora certa é aquela que seu coraçao se sente seguro e desacelerado pra recomeçar... na hora que ele está forte o bastante pra por tijolo por tijolo no que é a construçao de um relacionamento!

Késia Maximiano disse...

Não há um momento certo.. O coração simplesmente cede, e quando vemos, estamos ali, com cara de bobas, pensando mil maneiras de dar certo. E qd tem q da, simplesmente DA!

Beijo, amei o blog...